Total de visualizações

sábado, 24 de março de 2012

Continuando...

Olá pessoal, seguindo o caminho continuei a fazer exames, agora foi a vez do cardiologista.
De inicio um susto, minha pressão muito alta e coração acerelado. Então, medicamentos e mais exames ... 
Depois do cardiologista nutricionista, esse sim foi bom viu, conversamos horas e horas... Falamos da alimentação que na minha opinião é o ponto chave para o sucesso da cirurgia. Então vamos ao que interessa:
  Na alimentação pré-operatória, é preciso ter uma dieta da pastosa ate liquida, e no pós- cirúrgico começa a voltar do liquido para o pastoso. É como se estivessems aprendendo a comer novamente.
Comer de duas em duas horas e devagar, mas muito devagar mesmo; este vídeo do programa BEM ESTAR é uma maravilha e explica tudo de forma muito clara. espero que gostem...
Um abraço e um ótimo final de semana.
Vamos que vamos...

quarta-feira, 21 de março de 2012

Segundo Passo: Exames

Bom dia amores, hoje vou contar o incio da "via cruzes" de exames, que são chatos porem necessários.


Primeiro exame: Hemograma total
Meus resultados
Eritograma(serie vermelha): Normal
Leucograma(serie Branca) Normal
Plaquetas: 286 mil/mm³   
Glicose: 81 mg/dl
Ureia: 19 mg/dl
Creatinina: 0,62 mg/dl
Cloro: 100 mg/dl
Sódio: 139mg/dl
Potássio: 4,6 mg/dl


Colesterol Total: 148 mg/dl
HDL: 42 mg/dl
VLDL: 14mg/dl
LDL: 92 mg/dl


Triglicérides:70mg/dl
T4 livre: 1,16ng/dl


Esses resultados foram todos avaliados por meu médico e considerados ÓTIMOS. O que me deixou apta a passar para próxima etapa e que etapa. Próximo exame, "endoscopia o terror"!


No dia da endoscopia foi difícil, este exame foi realizado com uma anestesia. Porém é um dos exames mais chatos que já fiz na vida, mas era necessário. Deu tudo certo!


Resultado da Endoscopia: Uma bactéria que precisava ser tratada antes da cirurgia: H.Pilore
Comecei o tratamento no mesmo dia, com medicação e dieta. 
Enfim, Ufa.... cansaram? Acabou não viu... alias só começou!
Mas vou contar por etapas, amanha conto mais um pedacinho...


Um beijo enorme e boa quarta-feira.
Vamos que vamos....







sexta-feira, 16 de março de 2012

Primeiro passo: Conhecimento

Decidir fazer uma cirurgia do porte da GASTROPLASTIA não é tão simples assim não se pode fazer sem pelo menos consultar alguns médicos (endocrinologistas, gastroenterologista, nutricionista, psicologo e outros), pessoas que fizeram e obtiveram sucesso, pessoas que fizeram e não obtiveram sucesso, familiares e quem mais puder... Ah, não esquecendo das pesquisas cientificas, casos e acasos...


Eu antes de contar como cheguei a esta decisão vou explicar o que é a gastroplastia.


Gastroplastia: também chamada de Cirurgia Bariátrica, Cirurgia da Obesidade ou ainda de Cirurgia de redução do estomago, é, literalmente, a plástica do estômago (gastro = estômago, plastia = plástica).
Existem dois casos em que a Gastroplastia é indicada:
  1. Pessoas com Índice de Massa Corpórea (IMC) igual ou superior a 40 Kg/m².
  2. Pessoas com Índice de Massa Corpórea (IMC) entre 35 e 40 Kg/m², que apresentem doenças associadas a obesidade como diabetes, hipetensão, apnéia do sono, dislipidemia e artropatias.

Bom, eu fiz uma pesquisa de mercado e consegui boas informações sobre meu médico (prefiro não dizer o nome), conversei com pessoas que fizeram e também com quem conhecia o trabalho dele. "Tomei a decisão, vou fazer". Essa foi a frase que usei quando enfim decidi que essa seria minha ultima tentativa para emagrecer.
E aqui estou, pronta!

Emagrecer pra mim representa mais que um corpo bonito e enxuto, de certa forma é uma vitoria de anos de luta, uma trégua a minha vida regrada e controlada.


Por hoje é só, amanha vamos saber por onde começar, quais exames e etc...
Um beijo amores.
Vamos que vamos!!

quinta-feira, 15 de março de 2012

De volta!

Olá pessoal... estou de volta. 
Ah, que saudade de escrever, mas é incrível como eu estava sem inspiração!
Bom para atualizar, estou passando por uma grande transformação. Quem acompanha o blog já conhece minha trajetória e sabe que sou nutricionista e que apesar de ter este titulo profissional tenho problemas com meu peso. Hoje sou uma obesa mórbida, é também não acredito, mas meu IMC  está acima dos 40, que segundo Ministério da Saúde classifica-se o limite onde um ser humano pode chegar em relação a obesidade. Claro que também tem uma classificação de grau que eu deveria me aprofundar para explicar, mas não vem ao caso.
Na verdade este relato é para contar a vocês que decidi fazer GASTROPLASTIA. Sim, Redução de estomago, cheguei no limite não só de saúde física mas também mental. Não consigo e não quero mais fazer dietas. Apesar que com a gastro meus hábitos obrigatoriamente serão mudados, com a diferença de se ter resultados. 

A partir de hoje vocês irão acompanhar o passo a passo deste a decisão até a cirurgia propriamente dita.
Agradeço o carinho que sempre recebi de vocês...
Um beijo em cada um(a).
Vamos que vamos!!

Perdeu alguma informação, busque aqui

Follow by Email