Total de visualizações

terça-feira, 1 de março de 2011

Abra o olho!

Embora muita gente não dê importância, a manipulação de alimentos exige cuidados especiais para evitar a ocorrência de contaminação, tanto na cozinha doméstica quanto na profissional. 
Um dos problemas mais comuns é a chamada contaminação cruzada, que pode ser definida como a transferência de microorganismos patogênicos (causadores de doenças) de um alimento para o outro, de forma direta ou indireta. 
Isso pode acontecer pelo contato entre itens crus e cozidos ou pelo uso compartilhado de utensílios e equipamentos.Os pricipais sintomas são: Náuseas, vômito, dor abdominal e a diarréia os mais comuns, sendo que o grau de intensidade varia de pessoa para pessoa, dependendo da idade, estado de saúde e um número variado de fatores.
 Veja exemplos de problemas que as vezes nem imaginamos:
  • Carne crua descoberta ao lado de uma salada já higienizada.( o ar que circula dentro da geladeira pode contaminar todos os alimentos que estejam descobertos). Neste caso, da carne para salada.
  • Utensílios que colocam carne crua na frigideira não pode ser o mesmo que retira a carne pronta para servir.
  • Vasilha que bate ovos crús não pode ser a mesma para colocar alimentos prontos

Mas em casa podemos ter a certeza do que estamos  cuidando deste fluxo e quando comemos nos restaurantes?

Amanhã darei dicas de escolhas para se comer bem e com segurança em restaurantes.
Aguardem.

2 comentários:

  1. Oi, Ana Flávia!

    Obrigada pela visita lá no blog.

    Beijos!
    OrganizarParaViverMelhor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Imagine, eu sim que tenho que agradecer. Amei seu blog. Parabéns!

    ResponderExcluir

Comentar pode o que não pode é desrespeitar...obrigada pela visita..

Perdeu alguma informação, busque aqui

Follow by Email